bubok.es utiliza cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y a recordar sus preferencias mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Ver política de privacidad. OK
Buscar en Bubok

jaimeneto

A tríade associada ao processo de finitude humana, constituída pela dor, pelo sofrimento e pela morte é uma constante que sempre afectou e afectará o ser humano. O autor, recorre a Viktor Frankl e à sua Logoterapia, para encontrar caminhos para a necessidade e pertinência de despertar no outro, sobretudo em situação de doença terminal, o sentido da responsabilidade pela sua própria vida, e isso por mais adversas que sejam as circunstâncias, consolidando Nietzsche quando nos afirma que “Quem tem um porquê para viver, nunca deixará de encontrar o respectivo como”. Na perspectiva do autor a Logoterapia, pode contribuir para uma resposta ética ao problema da eutanásia, constituindo-se assim como um importante rumo na solução para o problema ético e moral subjacente à eutanásia