A Utopia Negativa-2ª edição modificada

Comprar Libro en papel por 9,59€ Comprar eBook en ePub por 0€ Comprar eBook en PDF por 5€

Esta obra é uma coletânea de artigosexpondo leituras de sociologia da literatura do século vinte com referência aosdiversos aspectos do individualismo, notadamente o modelo da era liberal. O problema da objetividade literária édiscutido mediante comentários sobre as linhas básicas da evolução histórica eda situação do romance moderno em sua ambiguidade, como técnica de comunicação.Da mesma maneira, se descrevem as variações composicionais mais significativasdo elemento personagem, da relação com o leitor e, notadamente, a posição donarrador que, por diferença do realismo literário do século XIX, não maispossui a experiência do conteúdo aser narrado. Neste marco, o autor aprecia as contribuições de Lucien Goldmann eNathalie Sarraute. Em outra seção, no miolodeste livro, comentando sobre “Futurismoe Utopia Negativa”, é revisitada a crítica da cultura de T. W. Adorno, emvista notadamente de situar a arte de Proust, como ponto de referência para adesmontagem da ideologia do futurismo, tal como este se projeta da ficção de AldousHuxley.Representação do mundo administrado da comunicação social, a fantasia futurista do "Brave New World" nada mais consegue do que figurar os prolongamentos de linhas já existentes na civilização técnica, compondo, então, nesses prolongamentos do Sempre Igual da produção em massa, uma montagem com a ideologia, que se afirma inseparável da utopia negativa (isto é, um futuro onde o déjà-vu coletivo se prolonga indefinidamente). Daí a orientação da sociologia crítica da cultura para desarticular os dispositivos ideológicos e, desta forma, vislumbrar os horizontes da nova sociedade no futurismo. ►O propósito do autor foi produzir um livro prestante paraa formação em comunicação social e sociologia[1]. A primeira edição foi publicada junto à Universidadede Málaga, Espanha[2]. O texto passou por aperfeiçoamentos e algumas notasforam acrescentadas a esta segunda edição. →Categorias:Ciências humanas, classe burguesa, comunicaçãosocial, crítica da cultura, cultura de massa, dialética, fato literário, futurismo,ideologia, indústria cultural, mundo dos valores, século vinte, sociologia daliteratura, utopia. →Palavras-chave: Alienação; ancilose; arte;aspiração; ataraxia; autor; avant-garde;burguesia; Camus; capitalismo; classe; coisificação; coletivo; comunicação;consciência; crise; crítica; Dostoyevski; escritor; estandardização; estrutura;experiência; fantasia; felicidade; futurismo; grupo, Huxley; individuação,individualismo; indivíduo; Kafka; leitor; liberdade; monólogo; narrador;narrativa; objetividade, obra; personagem; Proust; psicologia, realidade,reflexão, reificação; romance; sentimento, sociedade, sociologia;subjetividade; técnica; teoria; valor, utopia [3]. Sumário►APRESENTA??O 7►Introdução 11►A INDIVIDUA??O 19Individuação e Dialética 22►A SOCIOLOGIA DA LITERATURA 25A sociologia do conhecimento 27Comunicação e Valor Literário 29Coeficiente de realidade do indivíduo 31A Reificação 32A Ironia 35►ESTRUTURAS ECON?MICAS 38A Redução ao Implícito 38Indivíduos Problemáticos 40A Ausência do Sujeito 44►CR?TICA DA CULTURA E SURREALISMO 47A Montage Surrealista 47A Ruína da Cidade 49A Coisificação do Mundo 55Interpretação e Fantasia 60►DOSTOIEVSKI, PROUST, KAFKA 67Reflexão Estética e Crítica da Cultura 68L'homme de lettres 70Consciência Alienada 73Reflexão estética e objeto literário 75A Análise Personalista 78O Monólogo de Camus 82A Fantasia 85A imagem do Homo Absurdus e Dostoyevski 87A Carência de Contato 90Os Personagens Suportes 94O Mínimo dos Suportes em Kafka 98►FUTURISMO E UTOPIA NEGATIVA 102Ideologia do Futurismo 102Concepção do Futuro 105A Satisfação das Necessidades 107O Sempre Igual e a Contradição da Coisificação 109Futurismo e Ansiedade 111O Praticismo 112A Subjetividade da Utopia negativa 116A supressão do mito. 116O Complexo de Impotência 117Impotência e Condicionamento 120Estandardização e Ataraxia 123A Função da Ataraxia 125Fungibilidade 126Justiça Poética e Crítica Social 128A Função Utópica da Crítica Social 131►O TEMA DA AUS?NCIA 135Comunicação e avant-garde 135►?ndice Remissivo 140Bibliografia referida. 142Perfil do autor 144Rio de Janeiro,Agosto 2010 / Fevereiro 2012.O autor Jacob(J.) Lumier[1] Sobre a Internet, meuscomentários constam de Comunicação esociologia: Artigos Críticos / 2ª Edição Modificada, ensaio 143 págs,Madrid, (Espanha) Bubok Publishing S.L., Junho de 2011 – ISBN:978-84-9981-937-2.[2] A Utopia Negativa, ISBN-13: 978-84-693-6125-2 nº de Registro: 10/89770,Setembro de 2010. [3] Veja o índice remissivo nas páginas finais desta obra.

Quiero publicar un libro Ver más libros